Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
TERÇA-FEIRA, 27 DE AGOSTO DE 2013 - 10:48

CFM e CRM Pará lançam Campanha Nacional de Combate ao Escalpelamento

 


O Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Conselho Regional de Medicina(CRM) do Pará, em parceria com o governo paraense e com o apoio da atriz Dira Paes, lançam nesta quarta-feira (28), pela manhã, em Belém, a Campanha Nacional de Combate ao Escalpelamento. Fenômeno que ocorre principalmente na região amazônica, o escalpelamento vitimou desde 1982, 393 mulheres e meninas paraenses, que perderam o couro cabeludo após terem os cabelos presos nos motores de pequenas embarcações.

Além de um vídeo, gravado gratuitamente pela atriz Dira Paes e que será veiculado nas televisões paraenses, a Campanha também terá cartazes, cartilhas e gibis, distribuídos nos postos de saúde e hospitais do Pará (acesse o vídeo aqui). O material alerta as mulheres a prenderem seus cabelos quando se sentarem perto dos motores e incentiva os barqueiros a procurem o Ministério da Marinha para cobrir gratuitamente os eixos dos motores. O ministério oferece este serviço desde 2009, mas, por medo de represálias, os donos dos cabos fogem da fiscalização. O vídeo explica que eles não serão multados, nem terão o barco apreendido.

O lançamento da Campanha será seguido da realização, nos dias 28 e 20 de agosto, do IV Seminário Estadual de Prevenção aos Acidentes com Escalpelamento no Transporte Fluvial e do I Encontro com Mestres Carpinteiros.

O número de vítimas do escalpelamento tem diminuído, mas eles ainda ocorrem. “No ano passado foram 12, este ano foram apenas 2, que ocorrem nos dias 18 e 21 de agosto. Um, inclusive, foi de uma mulher, de 48 anos, moradora de Abaepetuba, mesma cidade de Dira Paes, que é madrinha da Campanha. O outro caso foi de uma menina de 12 anos, de Portel, na ilha de Marajó”, contabiliza Socorro Silva, coordenadora de Mobilização Social da Secretaria de Saúde do Pará.

O Conselho Federal de Medicina (CFM), por meio da Comissão de Ações Sociais, decidiu abraçar a campanha contra o escalpelamento por entender que a informação é o melhor remédio para evitar este tipo de acidente. A cirurgiã plástica e membro da Câmara Técnica de Queimados do CFM, Zeneide Alves de Souza, contou que já atendeu, ao longo de 31 anos de trabalho no Amapá, mais de 300 pacientes escalpelados. “As famílias levam o paciente sempre após horas de sangramento e sem nenhum conhecimento do que está acontecendo. Só com educação e informação conseguiremos erradicar esse problema”, argumenta.

A Campanha Nacional de Combate ao Escalpelamento deve ser lançada no Amapá no dia 2 de setembro. Caso outros governos estaduais mostrem interesse, o CFM disponibilizará o material gratuitamente. “O vídeo está excelente e quanto mais divulgarmos, menos mulheres serão vitimadas”, argumenta o presidente do CFM, Roberto Luiz d’Ávila.


Fonte: Rodrigo Monteiro e Portal CFM



 

Notícias recentes

Notícias 23/10/2014 - 12:10 Governo deixa de aplicar R$ 131 bilhões na saúde pública desde 2003

Notícias 20/10/2014 - 07:54 Nota de esclarecimento: Multa do Cade será contestada na Justiça

Notícias 20/10/2014 - 07:51 Justiça mantém prerrogativa dos médicos no diagnóstico patológico

Notícias 26/09/2014 - 09:23 Jornal do CRM-PA já está no ar

Notícias 26/09/2014 - 09:15 CFM estabelece fluxos para mehoria do atendimento em urgências e emergências

Notícias 05/09/2014 - 09:10 CFM E CRMS CRITICAM O MAIS MÉDICOS E DIVULGAM NOTA

Notícias 19/08/2014 - 11:57 Datafolha revela: 93% da população está insatisfeita com a Saúde no Brasil

Notícias 05/08/2014 - 09:27 Acompanhe as informações sobre o pleito do CFM

Notícias 04/08/2014 - 11:55 Acompanhe as informações sobre o pleito do CFM

Notícias 29/07/2014 - 09:16 ELEIÇÃO PARA ELEGER OS REPRESENTANTES DO PARÁ PARA O CFM

Notícias 21/07/2014 - 10:43 Presidente do CFM defende debate ético nas eleições dos Conselhos

Notícias 15/07/2014 - 08:40 MÉDICOS FORMADOS PELO CESUPA RECEBEM CARTEIRA NO CRM-PA

Notícias 15/07/2014 - 08:06 Infecção por HIV passa ser de notificação compulsória

Notícias 15/07/2014 - 08:05 Infecção por HIV passa ser de notificação compulsória

Notícias 15/07/2014 - 08:02 Fisioterapeutas não podem atuar em áreas do profissional de medicina

[ + Pesquisar mais notícias ]


← Voltar